1 de ago de 2008

Vamos à La Praia ô ô ô ôô

Depois de ficar muito tempo sem escrever nada nesta mierda de blog por falta de inspiração e criatividade, volto tentando escrever algo que vocês consigam ler por mais de um parágrafo e que eu consiga terminar de escrever todo o texto antes de achá-lo ridículo e deletá-lo. Mais uma vez, como diria Francisco Cuoco: "Vamos lá, he!"
Família é a estrutura com arquétipos mais bizarros que já notei. Imaginem a seguinte cena: uma família do interior toda reunida para ir à praia; avós, tios, primos, pais, irmãos etc. Uma semana antes da viagem cada parte da família já começa a se organizar ou desorganizar. Vamos por partes...

Preparação para a viagem

As Mães: Elas já começam a viagem uma semana antes, sempre tratam da parte mais chata, porém, mais necessária. Retiram cadeiras de praia, guarda-sol e todas aquelas baboseiras necessárias que estão guardadas desde a ultima viagem rumo ao litoral feita pela família e deixam tomando um sol no quintal. Banho de sol no quintal é uma coisa que eu nunca entendi, deve ser pra elas já irem se preparando ou para saberem que vão ver o mar mais uma vez. Depois do banho de sol deixam-nas em um cantinho para não esquece-las em casa e as coitadinhas se sentirem enganadas em terem se exposto ao sol e não verem o mar.
Procuram todos os biquínis ainda utilizáveis e experimentam todos, TODOS! Se já não ficar tão bom, mesmo assim vão levá-los para a viagem...POR QUE? Se não ficou bom pra que enfiar os malditos biquínis mofados na mala? Mãe adora fazer peso na mala, é incrível...se deixar, ela enfia até a bisavó que morreu quando a finada Dercy ainda tinha 14 anos, porque a infeliz sempre morou no interior e nunca teve a chance de ver o mar.
Elas compram todo tipo de bronzeador, bronzeador cenoura, bronzeador beterraba, bronzeador azul, bronzeador Mussum e compram para os filhos e para o marido, protetor solar também de todos os tipos... 30,40,50,22,16,47 GANHEI! Ah desculpa, foi um lapso! Eu ainda estou meio em clima de resultado de mega sena. Voltando ao assunto...Elas enfiam todos esses cremes e protetores em uma malinha que obviamente irá ocupar muito mais espaço do que as roupas.

Os Pais: Pai tem um dispositivo que sempre é ligado quando se fala de viagens para o litoral.

FÉRIAS -> PRAIA -> CERVEJA E FRITURA

Eles nunca se importam com as roupas que irão levar, é a mesma sunga desde a lua-de-mel, que agora já está sem elasticidade e sem o cordão para amarrar, que não é problema algum, pois, sua barriga aumentou consideravelmente desde a lua-de-mel. A única coisa com que se importam, é em um lugar para guardar a cerveja que irão comprar no supermercado da praia para estoca-la e conservar sua temperatura para o dia inteiro. Separam CDs de gente morta, daqueles sertanejos tipo Pena Branca & Chavantinho, Duduca & Dalvan e mais combinações bizarras.

Os Filhos: O arquétipo varia com a idade do filho, se for o filho mais velho, já não está nem um pouco com saco de ir viajar com toda a família, e se conseguir algum evento para se desvencilhar desta trágica viagem, mesmo que for um aniversário de um amigo do irmão de um colega dele, ele irá!
O filho do meio, também já não agüenta muito essa merda toda, mas vai mesmo assim, ele ainda não tem moral. Há há.
Já o filho cotôco, fica todo feliz e saltitante, procura por todos seus brinquedinhos de praia que ainda têm vestígios de areia e conchas grudadas, para soca-los dentro do carro e fazer mais volume. Isso quando o desgraçado não tem aquela maldita prancha de isopor azul ou amarela que ele não sabe usar, mas leva.

Prontos para o evento do ano, todos os lados da família acordam 5 horas da manhã para não chegarem muito tarde, socam o carro de malas e entulho e vão para o inferno. Os pais pensam em um trajeto para todos os carros irem juntos, o que sabe mais o caminho vai primeiro, ai fica aquela putaria durante a viagem inteira de um carro passando o outro e dando uma buzinadinha e o filho cotôco dando tchau pelo vidro. No começo da viagem, os pais ligam o rádio e sintonizam um noticiário para saber como está o movimento nas estradas e notícias que eles nem estão mais nem ouvindo direito até alguém reclamar e eles colocarem um CD das duplas mortas.
Depois de muitas horas de viagem, um calor desgraçado, todo o repertório dos falecidos e do cabelo oleoso do vento que entrava pela janela que teu pai deixou o tempo todo aberta durante a viagem (pai sempre deixa a janela aberta e mãe sempre deixa só um dedinho da janela aberta), chegaram ao inferno! :)
Descarrega-se tudo o que tem no carro, o pai dá aquela espreguiçada malandra e um tapa na pança de cerveja já pensando em tomar umas, a mãe e o filho mais novo vão colocar trajes de banho e a mãe sai do quarto jurando ser a nova Garota de Ipanema com uma canga psicodélica. O pai acerta tudo com a cerveja, coloca a maldita sunga lua-de-mel, um chinelão de dedo e nada mais.

O Encontro com o mar

Depois de andarem por no mínimo 4 quarteirões debaixo de um sol do inferno para pisarem na areia da praia, eis que sentem a sensação da areia entrando no chinelo e ficam todos maravilhados com aquilo. AREIA NO CHINELO? NÃO TEM NADA MAIS IRRITANTE DO QUE AREIA NO CHINELO! É uma desgraça, o pé está todo suado de andar 4 quarteirões, entra essa lazarenta de areia gruda no meio dos dedos e fica raspando nas havaianas até assar entre o dedão e o indicador do pé (indicador do pé? Tá, que seja!).
Quando estão na praia ocorre uma separação.

Os Pais: Todos os homens da família se reúnem sentados nas cadeiras de praia, pedem uma porção de algo que só se come quando vai à praia e dá-lhe cerveja! Ficam de óculos para secarem a bunda de toda mulher que passar de biquíni, sempre esquecem de passar o protetor que a mulher comprou de balde e logo no primeiro dia já beberam tudo que tinham comprado para no mínimo 4 dias. Parece que estão na praia já faz uns 2 meses, com aquele aspecto de camarão com as axilas brancas.

As Mães: Elas já chegam estendendo a toalha ou aquela esteira de vime, que para mim sempre será uma esteirinha de fazer sushi gigante, passam todos os bronzeadores, colocam aqueles bonés de empresa que o marido ganha durante o ano, tipo BOSCH – A melhor em ferramentas para a sua casa, ou quem sabe, na pior das hipóteses, bonés políticos tipo Chiquinho Carpinteiro 44.568 Vote certo, vote Chiquinho Carpinteiro. Depois de 328589 horas no sol, pedem uma batidinha ou coisa do tipo, voltam para a esteira de fazer sushi gigante (agora vão tomar sol do outro lado do corpo), pegam um cruzadinha e mais 2387823 horas no sol. Elas só param quando o sol já está aparecendo somente 1/3 no horizonte. No outro dia vão lá para a mesma maratona, só que com outro biquíni, que claro, irá fazer uma marca de bronzeado diferente do biquíni do dia anterior, e elas vão embora parecendo uma zebra.

Os Filhos: Bom, os filhos mais velhos se juntam com os pais, se for guria vai tomar sol com a mãe e cerveja com o pai. Se for guri, vai tomar cerveja com o pai. Os filhos do meio que se fodam, eles não tem moral hahaha. Os cotôcos parecendo índios de tanto protetor solar que as mães passaram, se juntam e perdem-se das respectivas mães que estão pouco se fodendo para eles também, jogam areia em toda família, compram tudo o que os vendedores ambulantes passam vendendo, isso vai de raspadinha até milho verde. No final da temporada de férias voltam com uma barriga de verme e com areia atolada no toba.

Pois é, família é uma coisa engraçada e bizarra, claro. Talvez, muitas pessoas venham discordar do post falando que não é bem assim e blá blá blá. Bom, eu nem preciso falar que os que falarem isso são os filhos do meio e que eles não tem moral, né? Há há há.
Na verdade eu já cansei de escrever esse post e estou indo ganhar na mega sena, tchau.

7 de jun de 2008

Enquanto isso, no lustre do castelo...

- aaaaaaaaaaah não... VOCÊ DE NOVO!
- ta bom, não sou eu =(
- quem é você?
- sabe o Adriano? =D
- do são paulo?
- iiiiiisso...sabe?
- não... chutei... quem é você?
- ainda bem... pq não é ele tbm =]
- ah não... who are you?
- Nelson Mandela...prazer
- prazer de que?
- [comentário politicamente incorreto]
- desculpa, você está me atrapalhando. estou jogando top gear.
- o 1, o 2 ou o 3?
- o 5
- desculpe, minha senhora... este modelo está descontínuo... deseja ser redirecionada a algum outro departamento?
- eu gostaria de pedir cancelamento do serviço
- a senhora gostaria de assinar o seguro de vida master premium que cobre qualquer tipo de acidente, incluindo quedas do 6º andar e acidentes com balões?
- vem com GPS?
- Incluindo o manual ou, se a senhora preferir, pagando a mais a pequena quantia de R$19,90, a senhora receberá uma fica cassete com uma vídeo aula explicando passo-a-passo como usar um GPS e os procedimentos de segurança necessários em casos em que não se sabe ligar o GPS a 5mil pés de altitude.
- mas... eu só quero o GPS...é bonito?
- este GPS está disponível nas cores verde, azul, vermelho, zebrinha, oncinha e a limitadíssima versão Isabella Nardoni que resiste à quedas do 6º andar.
- vem com rede?
- sim, mas os modelos com técnologia wi-fi não se encontram disponíveis em nosso estoque... gostaria de levar o modelo convencional com 5000 pés de cabo?
- vcs vendem hi-fi ai? :)
- somente nos finais de semana juntamente com o LP Bob Marley - The Greatest Hits...
- mas... isso tudo vem com o GPS, né?
- sim... gostaria de fechar o pacote?
- aaah, que lindo! vem em um pacote? que cor?
- minha senhora, eu não entendi aonde a senhora está querendo chegar...
- ah, então...eu gostaria de pedir o cancelamento do serviço... mas, tem como me entregar o hi-fi no final de semana?
- seguem os dados do pedido para conferência: linha telefônica + internet de alta velocidade + serviços de tv a cabo, incluindo o pacote de canais adultos + plano de saúde familiar (serviço não disponível na região da África Sub-Saariana) + 4 ovos + 2 xícaras de chá de açúcar + 2 xícaras de chá de trigo + 1 xícara de chá de fubá + 3 colheres de sopa de margarina + 1 xícara de chá de leite + 4 colheres de chá de fermento + rende 12 porções + rebinboca da parafuseta + mãe, eu to na Globo + rede hi-fi... esse pedido confere?
- vem com GPS? :D




Participação: José Heitor de www.emcolapso.blogspot.com

13 de mai de 2008

Parabéns?

Aniversário é uma coisa bizarra.
Comemorar aniversário é uma coisa muito estranha em qualquer lugar que você esteja, acompanhado de quem for, e lá vou eu explicar.

Primeira Situação: Família

Mãe: O clima de aniversário já começa alguns dias antes, você sabe que irá ganhar um presente da sua mãe - ou pelo menos torce por isso - e fica aquele suspense de mãe pré-aniversário. Ela já comprou seu presente, escondeu em um lugar em que ela esconde todos os presentes que compra para família, portanto, você já sabe onde ela o escondeu, mas não quer estragar a surpresa. Mãe fica toda malandresca quando filho faz aniversário, sempre fica com aquela cara de 'poxa filho, não comprei nada' ou jura que esqueceu do aniversário do próprio filho. Quando finalmente chega 0h00 ela vem toda serelepe e pimpona para o seu lado com as mãos para trás, um sorriso de orelha a orelha e te da aquele abraço que só mãe sabe dar, lhe desejando tudo o que ela pode querer de bom para você e dizendo que o ama. Você abre o presente rezando para ser o que você pediu (que quase sempre é algo quase impossível) e...é, não adiantou rezar porque não é o que você pediu. Mãe adora dar presentes que você não pede e que ela jura que você irá amar, vá lá que às vezes ela até acerte, mas na maioria das vezes sempre é aquele presente sorriso maroto, sabe? Aquele que você abre todo empolgado, olha o presente e :).
Ela logo pergunta se você gostou e poxa vida, ela é a sua mãe e esta toda feliz por ser seu aniversário, você não será grosseiro com a velha.
Tirando os abraços ao longo do dia, o seu aniversário acaba por ai para sua mãe, ela lhe entrega o presente e vai dormir porque mãe que é mãe dorme cedo.

Pai: Pai adora aqueles discursos prontos, é incrível! Todo pai que conheço adora dizer frases feitas e piadinhas já ultrapassadas, e claro que no seu aniversário seu pai não deixaria escapar, hein campeão! he he he
Uma semana antes ele já começa: "Êêê filhão, ta chegando hein, vai ficar mais velho! he he he". Isso se repete por toda semana, maaas quando faltam uns 2, 3 dias para a grande comemoração ele muito comicamente dá aquela encrementada no discurso: "Êêê filhãão, chegando hein! Vai ficar velho igual seu pai, já to até vendo uns cabelos brancos ai...he he he!".
Pronto, chegou o tão inspirado dia. Seu pai lhe da aquele abraço de amigo distante que não vê ha muito tempo, a famosa palmadinha nas costas e uma alizada no ombro direito. Ai surge o discurso pronto de aniversário do pai: "Muita saúde, que o resto a gente corre atrás, né? Juizo nessa cabeça, hein! Êê filhão, pai tem orgulho de você." (esse final só sai se ele já estiver um pouco bêbado ou se você fez algo bom nos últimos dias que o agradou)

Irmão: Irmão só lembra do seu aniversário porque certamente foi avisado por sua mãe ou seu pai para não esquecer, ou ouviu as conversas e os comentários do pai durante a semana antecedente de seu aniversário. Se o irmão é mais velho, provavelmente ele não está em casa quando da 0h00 e quando chega lembra de seu aniversário por algum vestígio da comemoração na casa e lhe dá aquele abraço de irmão que é mais pra lá do que pra cá, um parabéns e está ótimo por ai. Se o irmão é mais novo, ele esta acompanhando a mãe na entrega do presente loucamente curioso para saber o que é ou mesmo que ele já sabia o que é, fica com aquela cara from hell do lado só para ver você abrir o presente.

E acaba por aí, no final das contas todos vão dormir e quando acordam já te parabenizaram e só ficam à atender ligações e levar o telefone até você (se você for um morto de ficar na sua casa no dia de seu aniversário).


Segunda Situação: Com o namorado(a)

Combinam de irem à algum restaurante mais caro do que os de costume, comem pouco para a conta não ficar tão absurda e quando bate 0h00 dá aquele beijo de novela da Record (que é muito mais malandresco do que os da novelas globais), ouve um 'te amo, amor' e fica por ai. Se você for o homem... se ferrou, porque você vai pagar a conta do mesmo jeito, no mínimo a guria vai dividir. Já se você for a guria, toca ai parceira...ele paga a conta! :) Vão para um motel também mais caro do que os de costume, metem loucamente, pagam mais caro e vão embora.

Você deve se estar perguntando, tá e o que tem de estranho nisso? O que tem de estranho é você justo no dia de seu aniversário pagar mais caro para se alimentar do mesmo jeito e pagar mais caro também para meter com a mesma pessoa de sempre.


Terceira Situação: Com os Amigos

Amigo que é amigo é filho da puta, isso é fato. Se é o teu aniversário, obviamente é você que vai pagar a cerveja, afinal, temos que comemorar. Barzinho não é uma boa escolha para se ir com os amigos comemorar o aniversário, você irá pagar a maioria das cervejas e se ousar dizer ao garçom que é o seu aniversário ele lhe dará de brinde uma cerveja super agradável tipo Bavaria, Cristal, Conti...
E quando os amigos resolvem fazer uma festinha surpresa, combinam com todos os amigos de se encontrarem na casa de algum deles, todos graciosos, cheirosos e ligam para você dar um pulinho por lá. Se você já tiver a malemolência de festinhas surpresas você vai preparado, senão vai sem tomar banho mesmo, fedendo salame e cerveja que certamente você ja tomou em seu aniversário, ai depois as fotos...todo mundo super bacana e você com aquela cara de bosta pisada super feliz. Bom, esse pelo menos você não gasta grana.


Quarta Situação: O celular

Celular é uma maldição no aniversário. Bate 0h00 com certeza alguém te manda uma mensagem desejando-lhe um feliz aniversário e fica por ai mesmo, ligar vai ficar muito caro e ela não vai saber o que falar. O bacana também é quando mandam mensagem do celular dos outros por não terem crédito e esquecem de escrever quem esta mandando a mensagem, é maravilhoso. Mas, mensagem é muito mais aceitável do que ligação. Ligação no aniversário é uma desgraça. A pessoa liga e você atende:

- Alô?
- Aêêêê, parabéns Jurema! tudo de bom pra você!
- Ah, brigaaada...
- ...
- ...
- E ai, onde você tá? O que tá fazendo?

Acabou. O que mais ela vai ter pra te falar? A pessoa não tem o que falar e muito menos você, logo já muda de assunto em meio minuto e vira aquela conversa de tia.


Quinta Situação: Os avós.

Avó adora dar presentes excêntricos. Ela vem toda feliz com um embrulho de estampa de ursinho ou aquele liso verde grama, vermelho paixão com um laço enroladinho nunca combinando com a cor do embrulho pregado com um selinho escrito "Feliz Aniversário", "Felicidades", "Te adoro". Ai você abre e...uma toalha? Meias? Lençol? Roupas bregas íntimas? Porra, avó! E sua mãe da aquela cotucada na costela para você fingir que gostou, abrir aquele sorriso e dar um abraço de urso na velha.
Por incrível que pareça a única coisa boa que pode acontecer no seu aniversário, pode sair de sua avó. Ao passar dos aniversários, sua mãe dá um toque pra velha que você está crescendo e toda aquela malemolência de mãe e a sua avó começa a te presentear com dinheiro! Poxa, de uns pares de meias para grana o conceito da velha subiu e muito! Só sua avó pode deixar o seu aniversário mais agradável, reze para sua mãe ser ligeira com ela! O duro é quando a mãe concorda com os presentes que a velha te dá e faz aquele comentário: "Aaai, ele tava precisando de meias mesmo!"


Enfim, como já disse...aniversário é uma coisa bizarra. Você "comemora" em um mísero dia que você está vivo por mais 365 dias, logo, mais velho e cada vez mais parecido com seu pai e com a sua mãe e mais para frente com seus avós, e não pense que você não ficará igual e dará os mesmos malditos presentes para seus filhos e netos.


É melhor parar por aqui, meu aniversário esta chegando e já estou me preparando para todo esse ritual from hell.

5 de abr de 2008

Susto

Eu AMO assustar as pessoas, adoro ver a reação delas depois de levarem um susto. Pode soar meio sádico mas, que soe, eu amo mesmo assim. Porém, digamos que não seja muito agradável levar um susto, ainda mais quando se está sozinha, às 5:32h da manhã, sem ninguém para poder contar: "Nossa velho, puta susto!" e para ajudar um pouco mais, levar esse susto de um objeto. Eu ODEIO levar susto de objetos.

Bacana, como diria meu sábio avô: "O feitiço virou contra o feiticeiro!"

Estava eu, toda serelepe e pimpona procurando algo para fazer aproximadamente às 5:25h da manhã, quando me lembro de um comentário ao telefone com a Ana dizendo:

Ana: "Viu, deixa eu perguntar...você tomou banho antes de ir pra ai?"

Nathalia: "Não, por quê?"

Ana: "Então, porque eu tava tomando banho e...velho, ainda bem que eu tava terminando de lavar o meu cabelo! A água ficou gelada do nada, eu dei um grito: FILHA DA PUTA! nossa, velho que raiva!"

Nathalia: "Nooossa, ta zuando? Ah, mas não deve ser nada. Então, eu nem tomei banho, mas não deve ter queimado, deve ter acontecido aquilo que aconteceu da outra vez que o moço foi e raspou e voltou a funcionar!"

Ana: "É, sei lá! Mas então, era só pra saber se tinha acontecido com você, mas você não tomou banho, então, beleza."

Nathalia: "Tá bom então, Ana."

Ana: "Tá, beeeeeijo!"

Nathalia: "Beeijo, tchau."

(Não levem muito em conta o fato de eu não ter tomado banho. Tinha acabado de acordar, estava friozinho e o sofá verde é muito mais chamativo do que o piso branco e gelado do banheiro.)

À procura de algo para me destrair, logo lembrei: "Ahá, vou consertar o chuveiro!". Como prestei muita atenção quando o eletricista do condomínio veio arrumá-lo da outra vez, lá fui eu dar uma de eletricista pra cima do malandro do chuveiro. Primeiro comecei a lembrar de todo o processo que teria que ser feito.

- Desligar a chave de energia do chuveiro
- Retirar a peneirinha do chuveiro
- Puxar uma capa protetora da resistência
- Verificar se a resistência do chuveiro não estava queimada
- Caso não esteja, raspar o ferro que faz contato com os fios da energia

Pronto. Prático, simples e rápido!

Prático, simples e rápido se eu não tivesse um lapso ao longo do processo de conserto do chuveiro maldito. Fiz tudo milimetricamente correto, até coloquei minhas havaianas como precaução, nunca se sabe...
A resistência não estava queimada, estava toda bonitinha e enrolada como o normal, raspei as extremidades e coloquei-a de volta no local, encaixei a peneirinha, liguei a chave de energia do chuveiro e fui testar.

ALGUÉM DESCOBRIU O MEU LAPSO?
E A CAPA PROTETORA DA RESISTÊNCIA, ONDE FICA?
Claro, fica em cima da prateleira do lado do meu Shampoo Èlseve Volume-Control.

Girei o registro do chuveiro e eis que então... ZRRRR CHUUUUS!

(Nessa hora o chuveiro que é branco já estava laranja fluorescente, meu coração estava no céu da boca e minhas pernas...onde estavam as minhas pernas? Junto com o resto do corpo que não estavam, já não sentia mais nada do umbigo para baixo!)

Foi então que, em um reflexo girei o registro do chuveiro loucamente e parei por uns 15 segundos sem nenhuma reação física. Ressalto, sem nenhuma reação FÍSICA, porém, estava pensando em todos os xingamentos que utilizo desde minha 1ª série. Olhei para o lado e dei de cara com a capa protetora toda periguete descansando na prateleira ao lado do shampoo.

Desliguei novamente a chave de energia do chuveiro e fui colocar a maldita capa protetora, desencaixei a peneirinha e...CHUÁÁÁ! Eu estava embaixo do chuveiro e esqueci que acumulava água dentro da peneira. Bom, pelo menos ninguém mais pode me pentelhar por não ter tomado banho no dia.

Enfim, coloquei a capa protetora da resistência do chuveiro e...consertei-o!
Chega, seria demais um objeto me assustando mais de 2 vezes em menos de 10 minutos.




Moral da História: Amanhã eu tomo um banho decente e QUENTE! :)

1 de abr de 2008

Libertação do meu lado reprimido!

Cansei!

Eu odeio a Legião Urbana, foda-se o viado do Renato Russo, aquele merda que pagava de poeta e fez 34867348634 músicas com no máximo 4 acordes!

Samba de Raiz? Fodam-se aqueles velhos embriagados que faziam rimas inocentes e jogavam uma melodia gostosa de se ouvir e acordes dissonantes para esconder a letra medíocre das canções!

E o Chico Buarque, aquele velho safado que faz letras cheias de ambiguidade para não ser expulso do país. Letras tristes de um amor não correspondido, quer enganar quem? Come todas ninfetinhas que dão brexa para ele. Aaah Chico seu velho enrugado com pinta de boyzinho!

Cigarros são para os fracos, com que motivo uma pessoa fuma? Vai me falar que é viciado? Aquela merda de nicotina não vicia ninguém, que graça tem engolir uma fumaça fedorenta e ficar com os dentes amarelos e fuder com o pulmão e todo o resto do corpo? Ainda dizem que acalma. Acalma, vai acalmando até você morrer e ficar literalmente com uma expressão muito calma.

Tem também aquela bebida horrível que praticamente todos os brasileiros adoram tomar pelo menos uma xícara pela manhã antes de ir para o trabalho, o café! É amargo, deixa a lingua preta e só fica bom extremamente quente! Vá lá, tente tomá-lo quente, é batata, vai queimar a lingua!

Cássia Eller, Cazuza, Renato Russo...esses lazarentos só fizeram sucesso por serem homossexuais e admitirem publicamente!

E essa banda que terminou esses tempos e começou a fazer mais sucesso, aqueles barbudos que cantam Anna Júlia...Los Hermanos! Isso, Los Hermanos. Puta que pariu, uma banda brasileira com nome estrangeiro e de passagem, a lingua falada na Argentina!

Se bem que, eu amo a Argentina, jogam bola pra caralho e os homens argentinos são providos de uma malemolência sem igual! Quer cidade mais graciosa que Buenos Aires, BUENOS AAAAIREESS olha, só o nome já gera prazer ao ser dito!

Adriana Calcanhotto, Marisa Monte, Vanessa da Mata. Por quê diabos todas cantam pelo nariz? Uma regrava uma música do Claudinho & Buchecha com uma desgraça de uma bateria elétrica fazendo uma batida de funk no fundo. A outra eu nem vou comentar, só basta citar "Amor, I love you. Amor, I love you. Amor, I love you". Vanessa da Mata que realmente honra seu sobrenome com seu cabelo com aspecto de copa de árvore faz sucesso com uma música intitulada de "Ai ai ai" e para não perder o embalo do hit do momento, remixa em 6893473 versões e joga pra galera tomar um banho de chuva.

Ja ouviram Damien Rice? O Arroz começou a fazer sucesso por cantar a trilha sonora do filme Closer - Perto Demais. Como toda trilha sonora de filme faz sucesso por associarem a música ao filme que gostou, ok, ele fez sucesso! Mas, puta que pariu! O cara é um pseudo-intelectual com a aparência dos Los Hermanos e faz músicas com no máximo um violão e um violino com a ajuda de uma guriazinha com voz de coral da igreja que a sua avó freqüenta.

E essa vesga dessa Maria Rita que não sabe o que quer da vida, na verdade, sabe muito bem o que quer, dinheiro! Aproveitou-se da fama da mãe - aquela de cabelo joãozinho, drogada e com a gengiva gigante que cantava Arrastão com o maluco do Jair Rodrigues (que cuja filha também aproveitou do sucesso do coroa) - lançou CDs com várias músicas de autoria de quem? Marcelo Camelo, isso, o Osama Bin Laden dos Los Hermanos e para ajudar faz performances bizarras entortando o corpo para a esquerda. E agora deu de ficar loira, cantar samba e emagrecer! Mas ahá, você não me engana Maria Rita, continua...vesga!


Cansei de toda essa porcaria!
Apreciem as coisas boas da vida! Escutem Bonde do Tigrão, Tati Quebra Barraco; que mesmo fazendo plásticas para se parecer com a Beyoncé e lipoaspiração, nunca perderá sua essência glamurosa! Escutem Latino, aprendam a dançar e quando estiverem tristes por uma amor não correspondido soltem a voz: Renata, ingrata! Trocou o meu amor por uma ilusão. Renata, ingrata! Quem planta sacanagem colhe solidão. Captaram a essência poética da música? Esse sim, que mané Chico Buarque, esse sim é sincero! Tomou um pé na bunda em público e muito espertamente modificou somente o nome da moça que o chutou para Renata.

Falando nela, que é um espetáculo como cantora e dançarina, Kelly Key! Olha que nome artístico agradável, bem melhor do que Los Hermanos. Kelly Key, em inglês, Estados Unidos, outro nível! Sem contar suas lindas canções com letras e melodias incomparáveis: "Vem aqui que agora eu to mandando, vem meu cachorrinho a sua dona ta chamando" "Por causa de você não uso mais batom, rasguei meu short curto, diminui meu tom" "Baby, baba. Olha o que perdeu! Baba. Criança cresceu, bem feito pra você. É, agora eu sou mais eu". Sem comentários, meus olhos estão cheios de lágrimas!

Nada de café, tomem chá de boldo, isso sim é altamente apreciável.
Não gaste dinheiro comprando cigarros, espere seu sábio vizinho fazer churrasco na laje deixe a janela aberta e fique tragando a fumaça da madeira velha que sobrou da construção que ele utilizou para assar o cabo-de-reio que ele comprou 8kg por R$ 3,00!

Bom, ja escrevi demais, aproveitem para descobrir outras coisas fascinantes que o mundo propõe à você, caro amigo.


P.S - Aqui vão somente mais algumas dicas de bom gosto musical. Reginaldo Rossi, Falcão (não aquele que chegou depois e comeu a Deborah Secco e a Maria Rita) o original mesmo. Vanderléia, aquela Elba Ramalho da Jovem Guarda que cantava "Pare agora, senhor juiz!". E claro, não poderia me esquecer do saldoso Tiririca...graande Tiririca!








Aah, como eu adoro 1º de Abril :)

28 de mar de 2008

Deixa tudo assim

Deixa tudo assim, há razões demais
De que o nosso amor, foi a um tempo atrás
Onde ainda se via, tanta harmonia
Tanta companhia que não se vê mais

Deixa isso ter fim, não tem solução
O que ficou em mim foi um coração
Tão acostumado a sofrer calado
E não ter respostas de sim, de não

Deixa eu saber mais do seu novo amor
Que em mim causou esse temporal
Dessa chuva fria que me agonia
Quando eu te procuro no meu vendaval

Deixa eu te dizer sobre o meu amor
Que se perdeu em ti e virou solidão
Que sem ter carinho assiste sozinho
Um filme sem cores na televisão